COLORÍFICO (COLORAU)

 

 

 

 

Nome científico: Bixa orellana L.

Características: Planta arbustiva perene, de porte mediano (3,0 a 4,0m), mas que pode atingir até 10m de altura nas regiões de origem, bastante ramificada, de tronco curto, com casca pardacenta e copa densa arredondada. As folhas são alternas, persistentes, longo-pecioladas, elípticas, inteiras, glabras, cordiformes-acuminadas. As flores são róseas, grandes, com corola formada por 5 pétalas, com muito estames, em panículas terminais. Fruto cápsula ovóide ou cônica com 3 a 5cm de comprimento, grande, verde ou vermelho-pálida ou roxo-escura, revestida de espinhos moles e inofensivos, contendo 30 a 40 sementes revestidas de arilo vermelho-seríceo.

Uso doméstico:Usa-se para dar uma atraente coloração vermelho-alaranjada ao arroz e frango. Utiliza-se na confecção de pastas e queijos, molhos cremosos e farofas. É utilizado em sopas, risotos e páes e tem por função principal é dar cor aos alimentos. A polpa fornece um corante e condimento natural - a bixina, também utilizada para colorizar chocolates, queijos, manteiga e outros víveres , cera e seda . É utilizada para colorir carnes congeladas.Misturada à substâncias amiláceas em pó, obtém-se o corante culinário mais comum em todo o mundo, o colorau. O pó resultante da trituração das sementes é repelente de insetos e colorizante do corpo  e de artesanato cerâmico.

Uso medicinal:  É expectorante e digestiva (sementes); antiinflamatória, cicatrizante (raiz), depurativa, estomáquica, laxante, cardiotônica, vulnerária (folhas), antiasmática, peitoral, estimulante, diurética, antidiarréica, antidisentérica, hemostática , antipirética, adstringente , refrigerante (a polpa), béquica, anti-hemorrágica , hipotensora, antibiótica , laxante , afrodisíaca (sementes trituradas) e antídoto de ácido cianídrico . As sementes são usadas para o tratamento da diabetes . A infusão a frio dos renovos é usada para inflamações nos olhos. As sementes são utilizadas no tratamento de queimaduras de pele . A decocção das folhas é usada para o sarampo. As folhas, quando previamente machucadas, são indicadas para curar panos (infecção micótica). O pó do arilo das sementes é utilizado em gargarejos para o tratamento de amidalites e afecções bucais. As sementes, amassadas, podem ser aplicadas topicamente em queimaduras . Também indicadas para a endocardite, pericardite, afecções do estômago e obstipação intestinal . A tinta do urucu é um antídoto de ácido cianídrico, encontrado na mandioca-brava. O pó é utilizado para combater sarna e piolho. As sementes são anticolesterolêmicas . As folhas são indicadas para bronquite e faringite.


VOLTAR