MANJERONA

 

 

 

 

Nome científico:Origanum majorona

Características: Planta herbácea . Planta herbácea em forma de touceira, multi-anual  , semi-prostrada, de 20 a 30cm de altura. Caule lenhoso na base, quadrangular, radicante quando encosta no solo, pouco piloso, formando touceiras. Folhas pequenas, opostas, pecioladas, verde-acizentadas na parte ventral e aveludada na dorsal, medindo 1,5 a 2,0cm de comprimento. Flores rosadas, dispostas em espigas axilares. Sementes escuras, pequenas e ovais.

Uso doméstico: Conhecida como substituta do manjericão e do orégano por seu sabor ser parecido com ambos. Muito utilizada no tempero de aves, principalmente em recheio de frangos A manjerona deve ser utilizada em pratos de cozimento rápido ou no final da preparação, já com o fogo desligado, para não perder seu aroma delicado. Usada em maionese, pizza,pastéis, molhospatês, sopa de batata (suflê), com manteiga derretida, em legumes cozidos, feijão branco, omeletes, ovos mexidos, carne moída, manteiga derretida para peixes grelhados, recheios de frango e lingüiças em geral.Pode ser usada fresca, em raminhos picados, ou seca. Normalmente faz parte do tempero de galetos.

Uso medicinal: Indicada para o tratamento de feridas, queimaduras, astenia , sistema nervoso, resfriado, dor de cabeça, insônia, fraqueza do músculos, sílica nos intestinos , cólicas menstruais, úlcera estomacal e incontinência dos instintos sexuais .Usada na inalação, ajuda a eliminar muco e catarro, prevenindo a sinusite.    Folhas frescas e cozidas aplicadas com gaze são boas desinflamadoras no caso de pancadas, feridas e tumores.


VOLTAR